Gasolina no Ceará é a mais cara do Brasil com preço médio de R$ 5,55



 


litro da gasolina comum no Ceará se manteve em alta e atingiu o valor médio de R$ 5,55, um aumento de R$ 0,06 em relação à pesquisa da semana anterior, de acordo com a pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizada entre os dias 1º a 7 de janeiro.

No período, foram pesquisados 120 postos de combustíveis no Estado e os preços oscilaram entre R$ 4,97, encontrado em um posto na Caucaia, e R$ 5,79, registrado em Fortaleza e no Crato. A gasolina aditivada, analisada em 101 estabelecimentos, também subiu, registrando o preço médio de R$ 5,71, com o mínimo de R$ 5,07 e o máximo R$ 6,89.

Os números divulgados nessa semana mantém o Ceará como a gasolina mais cara do Brasil pela segunda semana consecutiva, seguido de perto pela Bahia. O valor médio mais barato está no Amapá, onde o litro está custando R$ 4,57.

No Brasil, o preço médio de revenda da gasolina comum é de R$ 5,12, com os valores oscilando em mais de R$ 3,50 entre a ais barata e a mais cara registrada, indo de R$ 4,15 a R$ 7,79.

Etanol

Em relação ao valor do litro do Etanol, pesquisados em 115 postos de combustíveis, o valor médio no Ceará é de R$ 4,57, registrando uma queda de R$ 0,07 em relação à semana passada. O preço mínimo encontrado foi de R$ 3,99 e o máximo de R$ 6,19.

Gás de cozinha

gás de cozinha de 13 kg foi pesquisado em 84 estabelecimentos no Ceará e registrou estabilidade, com um valor médio de R$ 112,14. O valor mínimo registrado foi de R$ 98,00 e o máximo de R$ 125,00.


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários