Mãe morre baleada ao proteger o filho em Sobral-CE



 

Lúcia de Fátima Aníbal, 53 anos, foi atingida no peito ao tentar impedir que criminosos invadissem a casa para matar o filho.



Uma mulher de 53 anos morreu na noite desta segunda-feira (9), um dia após ser baleada no peito ao proteger o filho do ataque de criminosos no Bairro Santo Antônio, em Sobral, no interior do Ceará. Dois homens foram presos.

Lúcia de Fátima Aníbal foi socorrida e levada ao Hospital Santa Casa, onde ficou internada, passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. Ela foi a nona mulher assassinada no Ceará neste ano.

Segundo testemunhas, dois homem tentaram matar o filho de Lúcia, que tentou se esconder dentro de casa. Para impedir a entrada dos criminosos, a mulher ficou na porta e foi baleada. O filho dela não ficou ferido.

Prisão

Momentos após o crime, agentes do Batalhão de Polícia do Meio Ambiente (BPMA) prenderam dois suspeitos.

Conforme os policiais militares que atenderam a ocorrência, os agentes estavam em patrulhamento pela Avenida Monsenhor Aloísio Pinto, na noite do último domingo (8), quando avistaram um homem atirando em direção a moradores de uma residência.

Os militares trocaram tiros com o suspeito, que foi baleado na perna e capturado. Em seguida os agentes encontraram populares agredindo outro homem, comparsa do primeiro preso.

Um revólver com duas munições disparadas foi apreendido, e a dupla presa foi conduzida a Delegacia Municipal de Sobral.


G1

Postar um comentário

0 Comentários