Policiais penitenciários do Ceará usarão câmeras nas fardas a partir de fevereiro



 Ceará será o primeiro estado do Brasil a implantar o uso de câmeras no fardamento de policiais penais



Os policiais do Sistema Penitenciário do Ceará usarão uma câmera corporal a partir de fevereiro. Os equipamentos foram apresentados, nesta quinta-feira (5), pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). O objetivo é filmar as ações em serviço e aumentar a segurança dos agentes e evitar excessos nas ações policiais.

O titular da SAP, Mauro Albuquerque, destacou que a implantação do dispositivo em servidores do setor é uma ação inédita no Brasil. O aparelho é resistente a impactos, à prova de água, possui GPS e sistema de rádio.

“Para destruir essa câmera, será preciso usar uma força excessiva e proposital. Não vai adiantar dizer que caiu e quebrou. Ela é bem resistente e à prova de água. O agente vai ter o sistema de rádio acoplado, sistema de GPS, localizador, o agente vai conseguir fazer perímetro. Um produto completo e vai auxiliar o trabalho. Vamos começar com 300 aparelhos.”, detalhou Mauro Albuquerque.

Conforme informações da secretaria, inicialmente, serão utilizados 300 aparelhos e distribuídos em todas as unidades prisionais. Desde novembro, 20 câmeras estão sendo usadas em uma fase de testes.

“Todo policial não precisa usar. Se ele está trabalhando em dupla, por exemplo, somente um deles vai usar e registrar toda a ação”, disse o titular da SAP.

GC Mais

Postar um comentário

0 Comentários