Comércio do Ceará perde 3.300 lojas durante a pandemia



 Ceará foi o 10º estado do País em fechamento de lojas



Um levantamento da Confederação Nacional do Comércio (CNC) divulgado esta semana aponta que o Ceará perdeu mais de 3 mil lojas no segundo trimestre deste ano. 

A pandemia da Covid-19 levou o varejo do País a perder um total de 135 mil lojas no último trimestre, que vai de abril a junho.

O Ceará foi o 10º estado do País em fechamento de lojas. O maior impacto ocorreu em São Paulo (-40,4 mil), seguido por Minas Gerais (-16,1 mil), Rio de Janeiro (-11,4 mil), Rio Grande do Sul (-9,7 mil) e Paraná (9,5 mil).

A secretária executiva da diretoria do Sebrae no Ceará, Alice Mesquita, aponta alguns motivos para essa redução. "A maioria dos nossos empresários não tem reserva e isso dificulta um pouco, principalmente pra quem tem pequeno negócio". Para ela, a retomada da economia deve acontecer de forma lenta. 

O economista Roberto Trôster é otimista, e afirma que a situação é difícil, mas os comerciantes vão conseguir se reinventar e se reerguer.

As maiores perdas foram nas regiões Norte e Nordeste do Brasil. A expectativa é de um recuo nas vendas de 7% este ano no país.

Cnews

Postar um comentário

0 Comentários