Acaraú recebe a doação de capacetes Elmo, de respiração artificial





A Prefeita do Município de Acaraú, Ana Flávia Monteiro, acompanhada do chefe de Gabinete municipal, Eliakin Silveira, recebeu na tarde da última quarta-feira, da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC) e do Sindicato das Indústrias de Frios e Pesca do Estado - SINDFRIO a doação de dois capacetes Elmos. O equipamento ajuda a salvar vidas e evita, em muitos casos, a entubação de pacientes diagnosticados com Covid.

Neste momento, em que o Município apresenta mais de 4 mil casos já confirmados e 87 óbitos, conforme último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, os capacetes representam um grande diferencial em caso de necessidade de pacientes de quadro mais agravado.

O capacete Elmo, equipamento de respiração artificial não invasivo, tem contribuído para o tratamento de pacientes com quadro leve ou moderado de Covid-19 internados em unidades de saúde da rede estadual. No Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, em Fortaleza, uma unidade semi-intensiva, com 12 leitos, recebe e monitora especificamente pacientes em uso da terapia. Os resultados são satisfatórios: 60% dos 75 pacientes atendidos na unidade Elmo não necessitaram de intubação e evoluíram sem precisar de internações em UTI.

Com a aplicação de oxigênio e ar comprimido, o Elmo gera uma pressão positiva (em relação à pressão atmosférica) que ajuda pacientes com dificuldade de oxigenação. O equipamento pode ser desinfectado e reutilizado. Outro benefício do aparelho é o custo, inferior em relação aos respiradores mecânicos, e a maior segurança para profissionais de saúde — por ser vedado, não permite a proliferação de partículas de vírus.

Jornal Central de Notícias

Postar um comentário

0 Comentários