Camillo assina lei que prevê distribuição de absorventes para estudantes da rede pública estadual



 


O governador Camilo Santana sancionou, nesta terça-feira (27), a lei que estabelece a política de combate à pobreza menstrual. A norma autoriza a aquisição e distribuição de absorventes íntimos a estudantes da rede pública estadual e das universidades estaduais. A medida deve beneficiar mensalmente 115 mil estudantes.

De acordo com o governador, a medida tem como objetivo evitar constrangimentos e abandono escolar, além de minimizar o risco de doenças.

“Nós vamos garantir que estudantes possam ter tranquilidade e segurança, que não precisem mais abandonar a escola por causa dessa situação. É um tema que muitas vezes as pessoas não gostam de tratar, mas é importante a sociedade saber da vulnerabilidade e dificuldades de muitas famílias cearenses”, disse Camilo.

📌 Pobreza menstrual

A pobreza menstrual é caracterizada pela falta de acesso a produtos de higiene e outros produtos necessários neste período menstrual, além da indisponibilidade de infraestrutura a até desconhecimento por parte de mulheres de cuidados que envolvam a própria menstruação.

📊 De acodo com relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), uma em cada quatro meninas brasileiras já deixou de ir à escola por falta de absorventes.

(Foto: Reprodução)


Jornal Jangadeiro

Postar um comentário

0 Comentários