Câmara aprova cassação de Flordelis por quebra de decoro parlamentar




 A Câmara dos Deputados aprovou hoje, por 437 votos a 7, a cassação da agora ex-deputada federal Flordelis (PSD-RJ) por quebra de decoro parlamentar. Houve ainda 12 abstenções. Com a decisão, Flordelis também ficará inelegível por determinação da Lei da Ficha Limpa.

Ela é acusada pelo MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, em Niterói (RJ). Atualmente, Flordelis é ré por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

A ex-deputada tem sido monitorada por tornozeleira eletrônica desde o ano passado.



UOL

Postar um comentário

0 Comentários