Santa Quitéria tem quatro casos suspeitos da variante Delta




 

A Secretaria de Saúde de Santa Quitéria informou que o município está investigando quatro pessoas suspeitas de terem contraído a variante Delta, da Covid-19. Os dados foram passados pela pasta ontem (3).

Os quatro estavam no mesmo ônibus em que o paciente positivado da cidade de Ipueiras também estava, no último dia 23 de julho, no percurso de Fortaleza a Croatá. A recomendação para todos aqueles que tiveram contato com o paciente é que cumpram autoquarentena de 14 dias.

De acordo com a pasta, as pessoas já foram identificadas e a equipe de vigilância epidemiológica está tomando as providências necessárias.

Até o momento, já são contabilizados no Ceará seis casos (todos oriundos do Rio de Janeiro) da cepa que tem gerado maior preocupação neste momento de pandemia. Ela é mais transmissível do que as demais variantes que já circulam no Brasil, como a gama, identificada inicialmente em Manaus; e a variante alfa, primeiramente encontrada no Reino Unido.

Atualmente, a delta é um dos principais aceleradores da pandemia no mundo, inclusive nos países onde a vacinação está avançada. Os cientistas ainda não conseguiram definir se a variante delta provoca mais mortes, contudo, sugerem que pode haver um risco aumentado de hospitalização.

Especialistas apontam que a delta é capaz de infectar pessoas que foram totalmente vacinadas, ou seja, que tomaram as duas doses da vacina. Os imunizantes atualmente aplicados não são capazes de impedir a infecção; eles apenas têm efetividade na prevenção de casos graves e óbitos provocados pelo vírus.


CN7

Postar um comentário

0 Comentários