Beneficiários do INSS, que tiveram desconto indevido de consignado, vão recuperar grana





Os beneficiários da previdência social – aposentados e pensionistas, que tiveram descontos indevidos por meio de empréstimos consignados deverão receber a grana de volta. A medida está sendo adotada pelo Banco Central por meio do Sistema Valores a Receber. Quem acha que está nessa situação, ou seja, teve o desconto indevido no benefício ou salário, poderá conferir se vai receber o dinheiro de volta. 

A consulta pode ser feita no site valoresareceber.bcb.gov.br. Um detalhe: esses valores, no entanto, ainda não estão disponíveis.

Uma reportagem, neste sábado, no Jornal Extra, do Rio de Janeiro, destaca que a devolução para aposentados e pensionistas do INSS, e outros trabalhadores, vai começar na segunda fase do programa, em 2 de maio, e vai valer para os casos de recursos descontados em folha dos clientes de operações de crédito consignado em uma determinada instituição, mesmo após a portabilidade do crédito para outra instituição”. Nessa leva do programa, de acordo com o BC, há R$ 4 bilhões a serem devolvidos.

Os interessados na consulta pelo endereço valoresareceber.bcb.gov.br devem informar o número do CPF e a data de nascimento. Um detalhe importante: se a consulta tiver resposta positiva, ou seja, existência de dinheiro, o sistema informará a data agendada para que o contribuinte possa solicitar o depósito do valor em sua conta. É preciso anotar o dia exato para esse pedido e o horário, que será para períodos entre 4h e 14h ou 14h e 24h.

HERDEIROS

A decisão do Banco Central ao permitir o resgate do dinheiro esquecido vai contemplar, também, herdeiros de aposentados ou de trabalhadores que tenham direito aos valores que ficaram depositados em bancos. Segundo, ainda, o BC, conforme a reportagem do Jornal Extra, um dos requisitos para solicitar o resgate é ter cadastro no sistema Gov.br, plataforma do governo federal que centraliza centenas de serviços pela internet. O cliente deverá informar uma chave Pix da sua conta em instituição financeira.

CAMINHOS DO DINHEIRO ESQUECIDO

Consulta no site valoresareceber.bcb.gov.br.

Beneficiário deve dispor, ao acessar o site, do número do CPF ou CNPJ.]

Quando for pessoa física, é preciso informar a data de nascimento

No caso de Pessoa Jurídica, informar o CNPJ e a data de abertura da empresa.

Se existe dinheiro a receber, o sistema informará uma data para que o beneficiário retorne ao site e solicite a grana disponível, a partir de 7 de março.




Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários