Em Acaraú, adolescente denuncia primo por estupro após assistir palestra sobre educação sexual




Um homem de 23 anos foi preso, na quinta-feira (17), na cidade de Acaraú, interior do Ceará, por suspeita de estupro de vulnerável da própria prima. A adolescente vítima, de 16 anos, denunciou o caso à Polícia Civil após assistir a uma palestra sobre educação sexual em um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

De acordo com a Polícia Civil, os crimes teriam acontecido entre 2017 e 2018 no município.

As violações sexuais foram interrompidas quando a adolescente assistiu uma palestra sobre educação sexual, conforme a corporação com a ajuda do Creas, o que encorajou a jovem a denunciar a situação para a família. A palestra ocorreu em outubro de 2018, mas não foi informado quando o caso chegou às autoridades policiais para investigação.

A investigação policial apontou que o suspeito se aproveitava da relação sanguínea, de proximidade familiar com a adolescente, e cometia os abusos sexuais. Os crimes eram cometidos nos momentos em que a mãe da menina não estava próxima.

Segundo a Polícia Civil, um inquérito foi instaurado na Delegacia Regional de Acaraú. Os investigadores representaram pela prisão preventiva do homem, que foi autorizada pelo Poder Judiciário, com cumprimento efetivado nesta semana. O suspeito não teria oferecido resistência e foi encaminhado a uma unidade policial.

Como denunciar

Crimes sexuais que vitimam crianças e adolescentes, as denúncias podem ser feitas em qualquer delegacia. Em Acaraú, a Delegacia atende pelo numero (88)3661-1017

G1

Postar um comentário

0 Comentários