Campeonato Cearense é suspenso pelo TJDF





O Campeonato Cearense de 2022 foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol no Estado do Ceará (TJDF). O órgão atendeu a solicitação dos clubes Maracanã e Icasa, contra o Crato e a Federação Cearense de Futebol (FCF).

Assim, a decisão do TJDF foi a suspensão da homologação dos resultados do certame estadual e a exclusão do Crato do Campeonato Cearense de Futebol de 2022, com a consequente aplicação de “WO” em todas as partidas disputadas pela referida agremiação e e o consequente ajuste na classificação final do certame, com suas consequências resultantes.

O Estadual está suspenso até até o trânsito em julgado da ação de nº 596/2022 e da investigação e eventual ação criminal contra a agremiação do Crato Esporte Clube, inclusive sob pena de aplicação de multa diária à FCF em caso de descumprimento.

Como o julgamento está marcado para o dia 11, o TJDF fez a seguinte observação:

"Por derradeiro, a concessão liminar para suspender a competição por 05 (cinco) dias não trará prejuízo algum para o certame cearense. Prejuízo traria caso as partidas acontecessem, e, com o deferimento das medidas pelo Tribunal Pleno deste sodalício, com a consequente eliminação da equipe do Crato Esporte Clube, essas partidas tiverem de ser refeitas".

INTERESSADOS

Maracanã e Icasa estão diretamente interessados na exclusão do Crato do Estadual. Caso o Azulão seja excluido e seus resultados anulados, o Maracanã se classificaria para as quartas de finais do certame no lugar do Iguatu, e o Verdão do Cariri não seria punido (e rebaixado) pela escalação irregular do jogador Leandro Mendes, já que um dos cartões amarelos recebidos por ele foi justamente diante do Crato.

CAUCAIA X IGUATU

Mesmo com a decisão do TJDF, Caucaia e Iguatu estão jogando normalmente pela semifinal do Campeonato Cearense. A partida iniciou às 16 horas e está sendo disputada no estádio João Ronaldo, em Pacajus,

No dia 8, jogariam Ferroviário e Fortaleza, no Castelão, pelo outro duelo das semifinais.


Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários