Ceará: Camilo reúne pré-candidatos a sucessão em inauguração de praça




O governador Camilo Santana (PT) esteve, neste domingo, 27, em solenidade de inauguração do Parque Dom Aloísio Lorscheider, onde era localizado o antigo presídio IPPOO I, no bairro Itaperi, em Fortaleza. Em semana decisiva para sua eventual desincompatibilização para concorrer ao Senado Federal, o petista reuniu membros da base aliada, entres eles três pré-candidatos do PDT para sua sucessão: a vice-governadora Izolda Cela, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão, e o ex-prefeito da Capital, Roberto Cláudio.Apesar do calendário eleitoral e de os planos da ala governista mostrarem grande expectativas para os próximos dias, os pré-candidatos ainda defendem que os debates em torno das eleições devem permanecer em tom de "união" e "coesão". Presente pouco antes do início do evento de inauguração, Roberto Cláudio disse que as discussões em torno da corrida ao Palácio da Abolição ainda devem prosseguir em tom pacífíco.

"Nós estamos em uma dinâmica partidária em que a nossa união, a nossa coesão, acho que é o movimento mais importante. Cada um fazendo o seu movimento, mas cada um recolhendo sugestões, ideias, para ao final disso, mais do que uma candidatura, sair um projeto de futuro para o Ceará. É isso que eu tenho feito, é isso que a Izolda tem feito e certamente agora qualificará ainda mais esse trabalho dela porque será governadora do Ceará", destacou RC.

O mesmo tom também foi preservado pelo presidente da AL, Evandro Leitão: "O importante disso tudo é a união de todos nós temos, nós nos respeitamos bastante que não existe disputa interna, existe sim uma relação muito respeitosa e eu tenho certeza que aquele que vier a ser o escolhido irá muito bem representar o projeto que foi instalado no estado do Ceará e irá representar muito bem a população cearense".

Questionada sobre a expectativa de assumir o Palácio da Abolição, a vice-governadora Izolda Cela disse acumular um "sentimento de muita responsabilidade e de honra". "É um cargo muito importante em termos de gestão e de condução das ações do poder público no Ceará. É um sentimento também de confiança, confiança no trabalho que nós vimos desenvolvendo, nas equipes que nós temos, nos princípios que nos norteiam e na fé de que o bom trabalho, o engajamento das pessoas, nos leva sempre numa rota positiva", comentou.

O único ausente entre os pré-candidatos foi o deputado federal Mauro Filho (PDT). Para chegar a uma conclusão acerca do representante do bloco governista na disputa pela sucessão do governo cearense, o partido finaliza a série de encontros regionais em abril.

No dia 8 do próximo mês, as lideranças pedetistas se reúnem em Sobral, berço político do ex-ministro Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência da República, e do ex-governador e hoje senador Cid Gomes. Um dia depois, o último encontro deve acontecer em Itarema, a 210 quilômetros de Fortaleza. As informações são do presidente do PDT no Ceará, André Figueiredo, também presente na inauguração do Parque Dom Aloísio Lorscheider.

Camilo evitou falar sobre sua saída do cargo de governador. Nesta semana, o governador inicia seus últimos dias no comando do Executivo estadual com uma intensa agenda de inaugurações e reuniões pelo Ceará. Na manhã desta segunda-feira, 27, o petista receberá a bancada federal cearense para almoço, no Palácio da Abolição. Já em clima de despedida, a expectativa é que o momento reúna senadores e deputados.


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários