Aeroporto de Jeri, Estado negocia voos internacionais; mas guerra na Ucrânia atrapalha





O Ceará estava com negociações avançadas para fechar acordo com uma companhia aérea para os primeiros voos internacionais em Jericoacoara. As tratativas, no entanto, ficaram emperradas após a eclosão da guerra entre Rússia e Ucrânia.

"Estávamos certos para iniciar, mas com a guerra demos uma pausa para ver como fica e deixamos de sobreaviso", afirmou ao Diário do Nordeste o secretário do Turismo, Arialdo Pinho.

Arialdo não revelou qual seria a empresa envolvida na negociação, mas garantiu que não é a portuguesa TAP.

"Em Portugal e na Espanha a guerra ficou muito forte psicologicamente. Por serem países menos ricos na Europa, eles não querem correr riscos", pontuou.

Para ser habilitado a receber voos estrangeiros, o Aeroporto de Jericoacoara ainda precisa passar pelo processo de internacionalização.

Carolina Mesquita / Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários