Ceará: Atleta de crossfit é atingido por barra com peso durante exercício e vai passar por cirurgia




 Um atleta de crossfit foi atingido nas costas por uma barra com pesos ao tentar levantar o equipamento em um box de treinamento de crossfit em Fortaleza. O acidente ocorreu na manhã de sexta-feira (24), e o momento foi flagrado por uma testemunha que gravava o atleta.

Na manhã desta quarta-feira (29), o g1 entrou em contato com o estabelecimento onde o acidente aconteceu, que informou que essa semana o jovem passará por uma cirurgia, mas não irá se pronunciar sobre o caso a pedido da família da vítima.

O estabelecimento divulgou uma nota de solidariedade ao aluno, que ficou ferido e precisou ser hospitalizado.

"A família do Box Colosso, em solidariedade ao aluno MCSX, vem, por meio desta nota, desejar força e pedir a todo os alunos, ex-alunos e amantes de Crossfit que orem pela saúde do nosso atleta que, infelizmente, sofreu um acidente. [...] ", diz a nota.

"A família Colosso está dando todo o apoio e fazendo de tudo que é possível para ajudá-lo, também estamos em oração pela recuperação dele", afirmou o estabelecimento em outro trecho do comunicado.

No vídeo, a vítima, que não teve a identidade informada, estava tentando levantar uma barra com pesos. Em determinado momento o atleta tira a barra do chão, leva até a região do tórax, mas ao tentar colocar o equipamento acima da cabeça solta a barra, que cai em suas costas. Após o acidente o homem ficou caído ao chão, gritando de dor.

Conforme o presidente da Comissão de Fitness do Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região (CREF5), Sérgio Franco, o crossfit, assim como outras atividades físicas, é seguro, desde que o praticante tenha orientação profissional correta.


"É importante que o praticante busque orientação profissional para que não ocorram erros na execução, que use uma sobrecarga correta. Existem fatalidades. A gente vê muito na internet pessoas querendo bater o peso, para se superar sozinha, sem nenhuma orientação, o que não é o recomendado", disse Sérgio Franco


G1

Postar um comentário

0 Comentários