“Por Lula, Camilo não seria o governador do Ceará, seria o Eunício”, diz Ciro Gomes



 


O pré-candidato do PDT a Presidência da Republica, Ciro Gomes, disse, nesta quarta-feira (15), em Fortaleza, que se dependesse do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva o candidato ao governo do Ceará seria Eunicio Oliveira (MDB) e não Camilo Santana.

Ciro, ao ser questionado sobre as declarações do Deputado Federal Jóse Nobre Guimarães, que chegou à semana passada a dizer que o PT tomaria outro rumo caso Roberto Claudio seja indicado o nome do PDT ao governo do Estado, foi curto nas palavras desejando que Guimarães seja feliz.

Ciro elogiou a governadora Izolda Cela a quem considera preparada para ser candidata e definiu Roberto Claudio, pela passagem na presidência da Assembleia Legislativa e na prefeitura de Fortaleza, como um extraordinário governador se indicado for. Ele elogiou os quatro pré-candidatos ao governo do Estado – Izolda, Roberto Claudio, Mauro Filho e Evandro Leitão, definindo as qualidades de cada um e falou da competência de todos.

Ciro disse ainda que até o final da primeira quinzena de julho, após avaliação junto aos eleitores, será definido o nome que o PDT lançará ao governo do Estado. Ciro participa ao longo do dia do Encontro Nacional do PDT realizado para fortalecê-lo como candidato à Presidência da Republica.


Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários