Filha de Izolda acusa PDT de “violência de gênero” sobre escolha do candidato



 Ela ainda classificou os integrantes da bancada como "grupo de homem brancos" e "logicamente, machistas"




A filha da governadora Izolda Cela (PDT), Luisa Cela, acusou a legenda de “violência de gênero” após a pedetista perder a votação da escolha do candidato ao Governo do Ceará para o ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Ela ainda classificou os integrantes da bancada como “grupo de homem brancos” e “logicamente, machistas”.


A declaração foi dada em publicação na rede social Twitter, na noite da última segunda-feira, 19.


Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários