Lula negocia com Tasso apoio do PSDB a Elmano




 Além de tentar atrair o PSB para a aliança petista no Ceará, Lula da Silva conversa com o senador Tasso Jereissati para que o PSDB componha a aliança em torno de Elmano de Freitas (PT). O petista e o tucano agendaram encontro pessoal para a próxima quarta-feira, em São Paulo. A informação é de reportagem da Folha de S.Paulo.

“Tasso não vai concorrer à reeleição ao Senado. Ele vem sendo cotado para ser candidato a vice-presidente na chapa liderada pela senadora Simone Tebet (MDB), mas tem dito a aliados que está desanimado para encarar o desafio”, conta a reportagem.

Segundo a Folha, “a conversa servirá para negociar os termos de uma possível aliança que deve incluir apoio de Tasso a Lula em um eventual segundo turno das eleições presidenciais. O petista deve participar do ato de lançamento da candidatura de Elmano no Ceará, marcado para 03 de agosto”.

“Para tentar atrair o PSDB, articulação que traria junto o partido federado Cidadania, o PT negocia as vagas de vice-governador ou suplência para o Senado na chapa”. Formado por cinco partidos -PP, PT, PV, PCdoB e MDB -, o bloco pode chegar a sete siglas caso a federação PSDB-Cidadania opte pela aliança encabeçada pelo PT.

A reportagem lembra que Lula e Tasso têm uma relação cordial e já haviam se encontrado em Fortaleza em agosto do ano passado (vejam a imagem acima). Porém, Focus lembra que a aproximação de Tasso com Lula tem um mediador importante: o agora candidato a vice de Lula, Geraldo Alckmin (PSB), o ex-tucano herdeiro político de Mário Covas que foi muito próximo de Tasso.

Focus apurou que um dos interlocutores de Tasso no Ceará é o ex-deputado Eudoro Santana, pai de Camilo. Eudoro e Tasso mantêm longa relação, entre altos e baixos. Importante lebrar que o pai do ex-governador Camilo foi secretário no primeiro Governo de Tasso, iniciado em 1987. Tempos depois, manteve-se na oposição, mas sem ferozes enfretamentos com o tucano.

As conversas em torno de Tasso têm sido constantes. Porém, o senador dialoga de maneira mais ampla. O PSDB só fará sua convenção no dia 4 de agosto. Até lá, o tucano trabalha nos bastidores. Seu objetivo primário: manter a aliança que sustentou o Governo de Camilo. Portanto, inlcuindo o PDT.

Para isso, só há uma solução em vista. Seu nome é Cid Gomes. Tasso trabalha com a perspectiva de que o prazo para negociações não se fecha com as convenções, mas sim com o prazo legal para inscrição das chapas na Justiça leitoral, que é 5 de agosto. Lembrando que o PT marcou sua convenção para 2 de agosto.

Importante: os governos Camilo Santana  Izolda Cela mantiveram Maia Júnior como secretário. Com Santana, no Planejamento, Maia deu uma cara nova e eficiente a uma gestão que havia passado dois anos meio modorrenta.

Mesmo mudando para o Desenvolvimento Econômico no início da segunda gestão de Camilo, uma pasta mais restrita que a do Planejamento, Maia manteve-se como um notável carro-chefe das políticas públicas na área que é tão importante quanto a educação.

Maia Júnior é filiado ao PSDB. Mais que isso, é um militante do tassismo e seu legado, o melhor da História do Ceará. Hoje, qualquer ideia e movimento que se prezem frelacionados ao desenvolvimento econômico do Ceará precisa ter o secretário como intelocutor obrigatório.

Focus Jor

Postar um comentário

0 Comentários