Senado criará CPI das facções criminosas; Ceará será um dos alvos




O Senado deverá instalar a CPI do crime organizado. A proposta é do senador cearense Luis Eduardo Girão (Podemos) e deverá ter como alvo a atuação das facções criminosas e o tráfico de drogas. O Ceará é um dos focos da proposta.

Em reunião nesta terça-feira, 5, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), reuniu-se com líderes da Casa para decidir a respeito da CPI sobre denúncias no Ministério da Educação (MEC). A investigação será autorizada nesta semana, mas deverá começar apenas depois das eleições. O mesmo deve ocorrer com as outras CPIs.

Além da CPI das facções, também deverá ser criada uma CPI sobre obras paradas, herdadas dos governos do PT


O Povo

Postar um comentário

0 Comentários