Ceará: Dez pessoas são presas suspeitas de envolvimento com grupos criminosos




Operação da Polícia Civil do Ceará foi realizada nas cidades de Paraipaba, Trairi e Paracuru



Nas primeiras horas da manhã de sexta-feira (4), a Polícia Civil do Ceará realizou a operação “Apeles”, que leva o nome do deus da mitologia grega que é o símbolo da justiça. A ofensiva cumpriu mandados de prisão preventiva de alvos envolvidos com grupos criminosos em municípios do Ceará. Policiais civis das Delegacias Metropolitanas de Paraipaba, Trairi e Paracuru, com apoio do Departamento de Polícia Judiciária da Região Metropolitana (DPJM), deram cumprimento às decisões judiciais. Foram dez mandados de prisão cumpridos. Entre os capturados, também foram registrados três flagrantes.
Grupos criminosos no Ceará

Durante a operação, os policiais civis da Delegacia Metropolitana de Paraipaba capturaram Francisco das Chagas Sousa de Alencar (43), que já responde por tráfico de drogas e por integrar organização criminosa; Wanderson Barbosa de Almeida (25), com antecedentes por tráfico de drogas, por integrar organização criminosa, por porte ilegal de arma de fogo, por violência doméstica e por homicídio doloso; Degidal Rafael Alves Martins (34), que responde por tráfico de drogas, por integrar organização criminosa, por homicídio, por receptação e por porte ilegal de arma de fogo; Douglas Lima da Silva (27), com antecedentes por tráfico de drogas, por integrar organização criminosa e por crime contra a paz pública; e Francisco Lucas de Freitas Sousa (20), com passagem por tráfico de drogas.

Outras duas pessoas foram capturadas, sendo estas, Adryelle Leite Gouveia Cardoso (30) e Kassio José Araújo Cardoso (38). As prisões foram realizadas por equipes de policiais civis da Delegacia Metropolitana de Paracuru, no citado município. Adryelle responde por integrar organização criminosa. Já Kassio possui antecedentes por integrar organização criminosa, tráfico de drogas e crimes de trânsito.

Outras duas pessoas foram capturadas, sendo estas, Adryelle Leite Gouveia Cardoso (30) e Kassio José Araújo Cardoso (38). As prisões foram realizadas por equipes de policiais civis da Delegacia Metropolitana de Paracuru, no citado município. Adryelle responde por integrar organização criminosa. Já Kassio possui antecedentes por integrar organização criminosa, tráfico de drogas e crimes de trânsito.
Mandados e flagrantes

Para combater a ação de grupos criminosos na localidade de Flecheiras, em Trairi, os policiais civis cumpriram sentenças judiciais expedidas pela Comarca de Trairi em desfavor de Maria das Graças dos Santos (47), de Francisco Vicente do Nascimento (42) e de Ozielton Rebouças da Silva (30). Eles foram localizados em Sobradinho, e com eles, um quadriciclo foi apreendido. Os sete capturados mencionados anteriormente e também os três presos em Trairi foram conduzidos à Delegacia Metropolitana da referida cidade. Maria das Graças, Francisco Vicente e Ozielton Rebouças foram autuados em flagrante por associação criminosa, desobediência, desacato e resistência.




GC Mais

Postar um comentário

0 Comentários