Anderson Torres voltou ao Brasil sem celular



 Ex-ministro e ex-secretário da Segurança do DF foi preso pela PF assim que desembarcou no Aeroporto Internacional de Brasília



Preso na manhã de sábado (14) depois de desembarcar no Aeroporto Internacional de Brasília, o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança do Distrito Federal Anderson Torres (foto) chegou ao país sem o aparelho celular, segundo a TV Globo.

Torres foi levado a um batalhão da Polícia Militar em Guará e passou por audiência de custódia na tarde de sábado. Nela, ficou decidido que o ex-ministro permanecerá detido.

A prisão foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes. O ex-secretário de Segurança do DF é acusado de ser conivente e omisso durante os atos golpistas de 8 de janeiro.

Durante os atos, Anderson Torres estava na Flórida, de onde acompanhou, à distância, a invasão do Palácio do Planalto, do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional.

Na semana passada, foi encontrada na casa de Torres uma minuta para decretar estado de defesa após a derrota de Jair Bolsonaro para Lula no segundo turno.

Postar um comentário

0 Comentários