Ceará: Interior tem madrugada de chuvas fortes, raios e rajadas de vento



 

Maiores precipitações ocorreram no Centro-Sul, Sertão dos Inhamuns e Vale do Jaguaribe.




Centro-Sul do Ceará, Sertão dos Inhamuns e Vale do Jaguaribe tiveram fortes chuvas, raios e ventania na noite de quarta-feira (18) e madrugada desta quinta (19). No Sítio Quixoá dos Lopes, na zona rural de Iguatu, a forte ventania destruiu plantações de bananas.

"Houve a chuva e seguido com forte ventania. Derrubou tudo e trouxe prejuízos para nós produtores", afirmou Paulo de Tarso Lopes, produtor de banana.

A ventania também ocorreu em Jucas, na Região do Cariri. A precipitação alagou ruas e avenidas da cidade.

O Ceará registrou, até às 7h desta quinta-feira, chuvas em 127 municípios, segundo balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Os dados serão atualizados no decorrer do dia.

Segundo A Funceme, as regiões Centro-Sul, Sertão Central e Vale do Jaguaribe, estão sujeitas à ocorrência de fortes de chuva. Não se descarta a possibilidade de precipitações intensas, descargas elétricas e rajadas de vento.

Nas outras regiões do estado, como Cariri, Norte e Litoral, há chance de ocorrer fortes chuvas.

Situação dos principais açudes

O Ceará tem apenas um açude sangrando segundo informações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Atualmente, o estado tem quatro açudes com volume acima de 90% e 69 reservatórios com volume inferior a 30%. Os dados são da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

Mesmo com as chuvas, os maiores açudes do Ceará seguem quase totalmente secos. O Castanhão, maior reservatório do país, tem atualmente 19,55% da sua capacidade, conforme a Cogerh; e o Orós, segundo maior do estado, 42,90%. Já o Banabuiú se encontra com 9%.


G1

Postar um comentário

0 Comentários