Ceará: Sobe para 39 o número de cidades que reajustaram salários de professores




 A mobilização, organização e capacidade de luta dos professores e professoras dos municípios Ceará tem sido determinante para que autoridades de várias cidades do estado atendam a reivindicação pelo imediato reajuste salarial do magistério em 2023.

Nesta quarta-feira, 25 de janeiro, chegou a 39 o número de cidades do estado que confirmaram a aplicação do reajuste salarial para os profissionais do magistério da educação básica,

A maioria das gestões municipais cearenses tem acolhido o clamor de educadores, de sindicatos e da Federação, que defendem um crescimento salarial igual ou superior a 14,95%, conforme determina a Lei Federal do Piso Nacional do Magistério (Nº 11.738/2008). Desta lista, apenas em Eusébio o índice ficou um pouco abaixo, em 14,81%.

Em 18 localidades foram aplicados percentuais acima dos 14,95%, previstos nos mecanismos de cálculo de reposição da categoria. Destaque para Paraipaba, que emplacou 16% de reposição, o maior registrado até o momento no Ceará.

Lista atualizada do reajuste do magistério nas prefeituras do Ceará:



Abaiara
Amontada
Acaraú
Aquiraz
Aracati
Baturité
Bela Cruz
Capistrano
Cariré
Caririaçu
Carnaubal
Caucaia
Coreaú
Eusébio
Fortim
Granja
Hidrolândia
Iguatu
Iracema
Itaitinga
Itatira
Jijoca de Jericoacoara
Juazeiro do Norte
Jucás
Limoeiro do Norte
Madalena
Mauriti
Milhã
Missão Velha
Monsenhor Tabosa
Mucambo
Pacujá
Paraipaba
Quiterianópolis
Reriutaba
São Benedito
São Gonçalo do Amarante
Umirim
Varjota

Postar um comentário

0 Comentários