A nova lei do insulfilm já está em vigor em todo o país



 Quem não estiver cumprindo as novas regras poderá ter que pagar uma multa de R$ 195,23



As películas escuras mais conhecidas como insulfilm tornaram-se mania nacional. É muito comum você ver nos vidros dos carros. Para quem gosta precisa ficar atento, pois foram criadas regras para controlar o uso da película.

Quem não estiver cumprindo as novas regras poderá ter que pagar uma multa de R$ 195,23, perder cinco pontos no prontuário da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e ter o veículo retido para regularização.

Novas regras para uso do insulfilm

As novas regras estão na resolução nº 948/2022 para o uso do material estabelecendo os seguintes pontos:

Bolhas de ar no insulfilm

Luminosidade e transparência da película.

No que diz respeito às bolhas, ficou determinado que os motoristas que estiverem conduzindo seus carros e exibam bolhas de ar nas principais áreas de visão poderão ser multados. Principalmente se as bolhas estiverem no para-brisa e nos vidros laterais dianteiros. Neste caso, você poderá ser penalizado. Não será penalizado quando as bolhas estiverem somente nos vidros traseiros.

Referente a luminosidade, as regras também mudaram, antes, o índice de transmitância luminosa do para-brisa e dos vidros laterais dianteiros não podia ser inferior a 75% para os itens incolores e 70% para os coloridos. Porém, neste caso, também houve alterações. O percentual ficou fixado em 70%, independentemente da cor.

Não houve mudanças nos percentuais de transmitância luminosa. Isso significa que os vidros traseiros devem ter, no mínimo, 28% de visibilidade e os vidros de segurança devem ter 70%. Também permaneceu a exigência em que a taxa de 28% continue estipulada para carros de passeio e para-brisas de veículos de carga, ônibus e micro-ônibus.

Desta forma, vai ser obrigatório que os índices estejam impressos no próprio insulfilm, além do fabricante da película. O motorista precisa estar atento que durante uma fiscalização será possível verificar rapidamente a porcentagem do item por meio do medidor de transmitância luminosa (MTL). 

Nos casos de veículos blindados, não será aplicada a nova regra de visibilidade e luminosidade não é aplicada. Também ficam de fora os veículos que não circulam em vias públicas, como por exemplo, maquinário rodoviário.

Multa será aplicada para quem não cumprir a determinação

Portanto, é preciso que o motorista evite ser multado. Aqueles que insistirem em não atualizar os seus veículos para as novas regras de uso do insulfilm poderão ser penalizados como infração grave e intransferível. Isso significa que poderá perder cinco pontos na carteira, pagar uma multa de R$ 195,23 e a retirada da película no momento da fiscalização.


Jornal Contabil

Postar um comentário

0 Comentários