Carro-Pipa é suspenso no Ceará e deixa 147 mil pessoas sem água




 

A Operação Carro-Pipa, responsável por abastecer com água potável os moradores em municípios de seca no semiárido nordestino e de Minas Gerais, voltou a ser suspensa no Ceará desde semana passada.

O responsável pela execução do programa, o Exército Brasileiro, enviou um comunicado aos pipeiros solicitando a interrupção do serviço até que o Governo Federal libere verbas para a manutenção da operação.

No Ceará, segundo dados da Defensoria Pública da União (DPU), mais de 147 mil pessoas em 34 municípios dependem da água fornecida pelos caminhões-pipa. São moradores de áreas rurais atingidas por longos períodos de estiagem e chuvas abaixo da média, principalmente nas regiões do Sertão Central, Inhamuns e Noroeste.

De acordo com O Povo, a assessoria de imprensa do MDR enviou uma nota e diz que “guarda decisão da Junta de Execução Orçamentária (JEO), que deverá se reunir para deliberar sobre o assunto”.

Postar um comentário

0 Comentários