Três cearenses estão na lista de presos por atos de vandalismo em Brasília-DF




Entre os 670 nomes divulgados pelo Governo do Distrito Federal, até o momento, pelo menos três cearenses aparecem entre os presos após os atos de vandalismo no último domingo. 

Formada em Engenharia na Universidade Federal do Ceará e de Medicina na Universidade de São Paulo, a cearense Roberta Jérsyka Oliveira Brasil Soares, de 34 anos, é uma das que aparece na lista. 

Outros dois cearenses que aparecem na lista, segundo informações do G1, são Carlos Rubens da Costa, 70 anos, natural de Fortaleza; e Kelson de Souza Lima, 28 anos, da cidade de Massapê. 

Os homens e mulheres presos após os ataques foram levados para o Centro de Detenção Provisória 2, na Papuda. Já as mulheres detidas, foram para a Colmeia, Penitenciária Feminina do Distrito Federal. 

Durante os ataques, os vândalos quebraram vidraças, móveis, invadiram gabinetes de autoridades, rasgaram documentos, roubaram armas, além de vandalizarem obras de arte e objetos históricos. Vários dos participantes dos ataques gravaram a invasão e a depredação dos prédios dos três Poderes. 

O prejuízo ao patrimônio público está calculado em ao menos R$ 3 milhões apenas na Câmara dos Deputados, que compõe o Congresso Nacional com o Senado Federal. 

Revista Ceará

Postar um comentário

0 Comentários