PSDB filia Aníbal Gomes e Cláudia Gomes



 

Vereadora de Fortaleza e suplente de deputado federal eram filiados do DEM, extinto após fusão com o PSL



O presidente estadual do PSDB, Chiquinho Feitosa, anunciou, na tarde desta quarta-feira (30), a filiação do suplente de deputado federal Aníbal Gomes e da vereadora de Fortaleza Cláudia Gomes ao partido tucano. Os dois foram eleitos pelo extinto DEM, que deixou de exisitir após a junção com o PSL, que deu origem ao União Brasil (UB). 

Na base do governo, Cláudia Gomes e Aníbal acertaram a entrada no PSDB após o União Brasil ter se consolidado na oposição, sob a presidência do deputado federal licenciado e pré-candidato ao governo Capitão Wagner

No rearranjo interno da sigla, Chiquinho Feitosa, que é suplente do senador Tasso Jereissati, passou a presidir o PSDB, mantendo a sigla no grupo de apoio ao governo de Camilo Santana (PT).

Tanto o deputado Aníbal Gomes quanto a vereadora Cláudia já haviam dado indícios de que não permaneceriam nos quadros do União Brasil. De acordo com a assessoria da parlamentar da Câmara Municipal de Fortaleza, ela acredita que "a filiação trará bons frutos". 

VOLTA AO PSDB

Com essa composição, o parlamento municipal da Capital passa a ter dois representantes do PSDB, uma vez que o vereador Jorge Pinheiro também atua na bancada. Na Câmara dos Deputados, em Brasília, o partido não tem mais um representante titular, uma vez que Danilo Forte deixou o partido e se filiou, no último dia 22 de março, ao União Brasil. 

Na atual legislatura, Aníbal assumiu o mandato de deputado em 2019 e 2021. Ele já havia sido eleito deputado federal pelo PSDB, em 1998, até deixar o partido e entrar no então PMDB, nas eleições seguintes.


Diario do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários