Lula não vai ao debate da Record com Bolsonaro, no domingo, 23



 O candidato do PT à Presidência também cancelou sua participação no debate que seria realizado nesta sexta-feira (21) no SBT



Record confirmou, nesta quinta-feira (20), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não irá participar do debate que seria promovido no próximo domingo (23).

Neste caso, pelas regras do confronto aprovadas previamente com as duas candidaturas à Presidência da República, no lugar do debate será transmitida uma sabatina com o candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). A entrevista será apresentada pelo jornalista Eduardo Ribeiro.

O líder petista também havia cancelado sua participação no debate do SBT, junto com o pool de veículos CNNVejaPortal Terra, o jornal O Estado de S.Paulo, e as rádios Nova Brasil e Eldorado, que seria transmitido nesta sexta-feira (21).

De acordo com a equipe de campanha da coligação Brasil da Esperança, Lula tem uma agenda em Minas Gerais na sexta-feira e no sábado. O programa também vai adotar o formato de sabatina apenas com Bolsonaro.

O ex-presidente Lula já havia declarado anteriormente que deveria participar apenas de “um ou dois” debates neste segundo turno. Além destes dois programas, o próximo debate entre os presidenciáveis será o da TV Globono dia 28 de outubro.

DATAFOLHA

A nova rodada da pesquisa para o segundo turno das eleições feita pelo instituto Datafolha, foi divulgada nessa quarta-feira (19). 

Segundo o levantamento, Lula (PT) aparece na frente com 49% dos votos. Jair Bolsonaro (PL) tem 45%. Nos votos válidos, Lula tem 52%; Bolsonaro, 48%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01682/2022. A margem de erro é estimada em dois pontos percentuais para mais ou menos.

Rejeição

Contratada pela Globo e pelo jornal Folha de S.Paulo, a pesquisa aponta que metade do eleitorado (50%) não votaria no presidente Jair Bolsonaro de jeito nenhum

Os que dizem não votar em Lula são 46%.

Avaliação do governo Bolsonaro

Segundo a pesquisa, 39% dos brasileiros reprovam o governo de Jair Bolsonaro . Os que aprovam são 38%, e os que consideram regular são 22%.


JC PE

Postar um comentário

0 Comentários