Neymar tem que decidir se será jogador ou celebridade, diz Casagrande



 


Durante a transmissão do UOL Esporte em clima de convocação nesta segunda-feira (7), o ex-atacante e colunista Walter Casagrande, criticou a postura de Neymar fora dos campos. Para ele, o camisa 10 da seleção brasileira precisa se concentrar apenas nos aspectos dentro de campo, para conseguir uma boa campanha com a amarelinha

"Ele (Neymar) precisa decidir se ele vai ser jogador de seleção brasileira ou celebridade, se ele decidir ser jogador é um grande passo, agora, se ele decidir pintar o cabelo, se jogar no chão para chamar atenção igual ele fez em 2018, pular quando alguém encosta nele, não vai dar em nada", disse Casagrande.

Para ele, o craque do PSG também se equivocou ao apoiar abertamente o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), que não conseguiu a reeleição no pleito desse ano: "O Neymar é infantil, tem a síndrome do Peter Pan, não assume responsabilidade alguma, não toma posição alguma, e quando é opinião própria, são coisas fúteis. E quando é pressionado a ter opinião, são coisas como essa, de apoiar o pior presidente da história política brasileira, que vai ser julgado por diversos crimes que ele cometeu. Claro que ele apoia, mas ele foi empurrado para aqueles vídeos, quando ele gravou o primeiro vídeo, foi agradecendo a presença do Jair Bolsonaro no instituto dele. Já no segundo vídeo ele já teve que dançar funk e fazer 22, ali acho que teve pressão do tipo: 'preciso de apoio declarado', através do pai dele."


UOL

Postar um comentário

0 Comentários