Assembléia aprova estado de calamidade pública em Marco e outros 9 municipios





A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quinta-feira (8), projeto de lei enviado pelo governador Camilo Santana (PT) para pagar um auxílio cesta básica de R$ 200 a setores de trabalhadores prejudicados pela pandemia da Covid-19 no Ceará.

Também foi aprovado o projeto de lei que concede aumento salarial e melhorias no auxílio-alimentação para os professores da Educação Básica do Estado do Ceará.  

A medida terá um impacto fiscal de R$191 milhões em 2022.

Os deputados estaduais aprovaram ainda o estado de calamidade pública em 10 municípios cearenses, por causa da pandemia: Banabuiú, Cariré, Pacujá, Tauá, Tejuçuoca, Marco, Iguatu, Pacoti, Juazeiro do Norte e Ereré.

Com a aprovação, agora são 137 municípios cearenses em estado de calamidade pública.

Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários